Mulher parecia estar esperando 10 bebês: mas quando vê o ultrassom, ela não consegue acreditar no que está vendo

7.348

Quando o estômago de uma mulher começa a inchar, ela começa a pensar que tem de fazer dieta. Mas, quando a barriga continua a crescer, e o resto do corpo fica igual, a explicação mais é óbvia é apenas uma: gravidez. Uma mulher de 24 anos, do México, passou exatamente por isso. Todos ficavam dizendo que ela estava grávida de 10 bebês, pois o seu estômago inchou de forma anormal em poucos meses.

Mas a verdade era completamente diferente… e muito mais assustadora. Quando a sua situação ficou tão ruim que ela tinha problemas para andar, comer e até respirar, a mulher foi levada para o Hospital Geral do México. Foi aí que a jovem de 24 anos conheceu o Dr. Erik Hanson Viana. A primeira coisa que ele fez foi um ultrassom, para saber o que havia de errado com a sua barriga. Os resultados deixaram todos de queixo caído!

A assustadora descoberta

Os médicos encontraram um cisto de ovário gigantesco! Ele pesava uns incríveis 33 quilos, e começou a comprimir os dois principais vasos sanguíneos do corpo da mulher de 24 anos. Como resultado, ela tinha um alto risco de um ataque cardíaco e, portanto, a cirurgia imediata era necessária.

“Era tão grande que ocupava 95% do abdômen do paciente”, disse o médico. Para os cirurgiões, havia duas opções: ou eles drenavam lentamente o líquido cisto e, em seguida, removiam o restante através de uma operação, ou removeriam tudo de uma vez.

Embora fosse ficar com uma grande cicatriz, a mulher optou por retirar tudo na totalidade. “Remover tudo também é difícil porque a parede do cisto tem menos de 1 milímetro de espessura e precisa ser impedida de secar, caso contrário, ela também poderia quebrar facilmente”, explicou o doutor.

20% de todos os cistos gigantes são malignos, por isso um cisto rachado poderia resultar na disseminação de células cancerosas para o corpo da mulher.

Como esperado, a mulher de 24 anos ficou com muito excesso de pele, e algumas cicatrizes, mas elas são pequenos preços para a pagar por sua vida. Seis meses depois, a mulher retornou ao hospital para um acompanhamento de rotina. Felizmente, ela estava saudável e sem vestígios de tumores ou cistos malignos.

“Uma grande parte do que fazemos é a gratificação que você sente quando pode mudar completamente a vida de uma pessoa e saber que ela nunca a esquecerá, mesmo que se esqueça de agradecer”, diz Viana. É realmente incrível ver o que cirurgiões e médicos qualificados podem alcançar nos dias de hoje.

Compartilhe para homenagear todos os profissionais de saúde, que salvam vidas todos os dias!

Fonte: Newsner

Receba as nossas postagens por e-mail. É grátis.
Junte-se aos mais de 25.000 outros assinantes
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.

%d blogueiros gostam disto: