A língua dessa bebê não parava de crescer – O que sua mãe fez para salvá-la irá te emocionar

1.147

Todo pai quer que seu bebê nasça em condições perfeitas e com boa saúde, infelizmente nem todos os bebês correm com essa sorte e então os pais enfrentam a difícil tarefa de fazer tudo o que estiver ao seu alcance para salvá-lo e dar-lhe uma vida melhor.

A vida dessa linda garotinha não foi fácil desde que ela nasceu, porque sua condição fez sua luta entre a vida e a morte.

Paisley foi muito desejada e esperada por seus pais. Quando o grande dia em que sua mãe deu à luz veio, eles sentiram grande felicidade, infelizmente, toda a emoção tornou-se preocupação porque o diagnóstico do médico foi extremamente devastador.

“Parecia que eles não queriam nos contar o que estava acontecendo, então um médico mencionou que nosso bebê havia nascido com a síndrome de Beckwith-Wiedemann, que esperássemos alguns minutos pela chegada do especialista para falar-nos sobre o tratamento e que o lamentava muito, este último nos desanimou muito mais “, disse a mãe de Paisley.

Esta é uma doença genética de sobrecrescimento associada a um alto risco de formação de tumor embrionário, causada por mutações nos genes, fazendo com que o paciente apresente um tamanho dramático de alguma parte de seu corpo, neste caso, era a língua.

Para que a pequena se adapta-se a sua estranha condição, os médicos decidiram que ela ficasse ligada a um respirador artificial pelo menos na primeira semana.

Era quase impossível que o bebê fizesse até as atividades mais simples, como chorar, rir ou comer, no entanto, seus pais estavam dispostos a fazer tudo para curá-la e que pudesse levar uma vida normal como qualquer criança.

Como era impossível para sua mãe amamentá-la, a menina precisava ser alimentada através de uma sonda. Os médicos comentaram que, para fazer algo a respeito disso, a coisa mais conveniente era esperar até que ela tivesse 6 meses de idade, e então iniciar com o tratamento.

Os pais comentaram que foram meses cheios de angústia e preocupação porque não sabiam se a pequena resistiria mais tempo.

Quando finalmente puderam fazer algo, os pais receberam a notícia de que eles teriam que cortar a língua da menina, porque se eles deixassem continuar crescendo, ela não sobreviveria, no entanto, muitos médicos se recusaram a operar porque ela ainda era um bebê, a operação era de alto risco e as chances de sobrevivência eram poucas.

Mas este não seria o fim, os pais não ficaram desanimados, eles venderam absolutamente todos os seus pertences, mesmo na casa em que moravam, era doloroso desistir de tudo, mas eles queriam salvar seu bebê a todo custo, precisavam arrecadar dinheiro suficiente para oferecera-la a um bom médico para que finalmente Paisley pudesse ser operada. Então eles decidiram compartilhar sua história nas redes sociais para encontrar um médico sem se importar do país em que estivesse, mas que garantisse uma operação bem-sucedida.

E, felizmente, um médico especializado e experiente, ofereceu-se para mudar para onde a família se encontrava apenas para operar Paisley, também decidiu não cobrar um centavo por seus serviços e o melhor de tudo é que a operação foi um sucesso. O médico decidiu permanecer anônimo, pois considerou isso um bom trabalho e não um caso para se tornar famoso.

Pouco depois, a aparência desta menina mudou drasticamente e, felizmente, a recuperação foi muito rápida. Os pais da menina não puderam se sentir mais agradecido com o médico que a operou e felizes por sua filha.

Agora, com a ajuda desse herói anônimo, Paisley terá uma vida normal e não terá as limitações daquela síndrome estranha, que de acordo com estudos ataca 1 de cada 14.000 crianças nascidas. O rosto deste belo bebê diz tudo, você não acha?

A mãe orgulhosa está feliz por nunca desistir e fazer com que sua filha tivesse uma vida melhor. Veja como eles parecem felizes. Além disso, eles conseguiram recuperar sua casa e parte das coisas que venderam. O mais importante agora é que a família finalmente se reuniu.

Para os pais, não há nada mais importante do que a saúde e o bem-estar de seus filhos e é admirável porque alguns nunca desistem até que seus filhos tenham o melhor. Que sorte essa pequena tem em ter pais tão perseverantes e amorosos que fizeram o impossível só pra vê-la bem.

Toda a felicidade do mundo para esta família e muita saúde para esta pequena guerreira.
E você, o que você poderia fazer para seus filhos? Dê-nos a sua opinião sobre isso e espalhe esta história com outros pais.

Fonte: dailymail, vuntu, carrer

Receba as nossas postagens por e-mail. É grátis.
Junte-se aos mais de 25.000 outros assinantes
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.

%d blogueiros gostam disto: